*_O Corcunda de Negrito_*5

“Depois de passados 7 meses sem se pronunciar sobre a notícia, finalmente ela aprece. Como sempre, ela estava vestida de _reciprocidade pessoal e colectiva da marca *Amor*_, ela também se vestia de colorido mas era diferente. Espantoso foi ter conseguido ver, de tanta gente que me ofuscava na direcção daquele televisor dourado no meio da rua.

Depois de vários tópicos sobre o seu trabalho, e até dos benefícios que tem, ela expele aquilo que ninguém esperava ouvir: ‘ _Esta oportunidade é para todos, isso inclui os SE-CUN-DÁ-RI-OS_’.
‘ _Mamma mia_’, gritei ardentemente no silêncio de mim mesmo, enquanto ouvia barulhos de _Dollares_ aparecendo nos olhos de cada membro da multidão.

Fui para casa sozinho, nem *_Borda_* me fez companhia naquele momento, era apenas eu, minha corcunda e meu preto. O que ninguém sabia, era que *_minha corcunda era onde guardava meus sentimentos_* (a mente para pensar, o coração para bombear sangue). Então quando mais ninguém estava, eu tirava ela, e retirava também o preto de dentro para saber no que havia lá dentro, ou pelo menos tinha sobrado ao longo do tempo.

Depois de retirados, fui ai terraço de minha casa contemplar a fila que cada um deles criava para ser o primeiro a se aproximar para ganhar o coração de _Felicidade_.

‘ _Não passam de interesseiros astutos, mas quem sabe no meio deles haja alguém que realmente se preocupe com ela, a ame ela, e quer vê-la feliz, isso me deixa feliz_’, dizia isso tentando me convencer de que não adiantava sequer tentar, enquanto olhava para o vazio que o *_preto_* havia deixado em mim.

De repente, senti que alguém se aproximava, mas estava vestido de preto portanto, apenas me limitei a ver quem apareceria na Luz daquele candeeiro.

Era um homem, alto, bem constituído, pouco falante, parecia ser um deles mas, ele se aproxima e diz: ‘ _Ela espera que participes, pois te procura faz anos_’. Após dizer isso vai-se embora como se nada tivesse acontecido, enquanto se encontra com *_Borda_* pelas escadas. Ao ouvir que este subia ao meu encontro coloquei o meu disfarce.

Na verdade, *_Borda_* sabia de toda a verdade minha, mas nunca a tinha visto. Então apressei-me a colocar minha corcunda e meu preto, que era a única coisa que tinha de verdade.

Assim que chegou ao topo, veio ao meu encontro a gritar: ‘ _Já sei como faremos para recuperar sua garota_’, espantado eu virei e exclamei, ‘ _Minha garota? Você está louco de ver_'(risos).

🗣️Mr. Kb🧤🧠

Sadirah Pires
Author: Sadirah Pires

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.